16 de junho de 2007

Arrumo meu cantinho,
abro as janelas,
planto flores tantas que mal cabem dentro de mim.
Limpo armários, reviro gavetas.
Encho de pássaros sinfônicos nosso quintal.
Lavo minhas retinas tão fatigadas,
deito-me em banhos de leite
E renasço meu amor!
Invento todos os dias da minha vida, pintada de céu,
só para te esperar chegar com o sol...

Nenhum comentário:

type='text/javascript'/>