20 de agosto de 2017

Tododia

Na estrada,
A caminho do trabalho,
Existe um moinho
Um trilho de trem
E um rio.
Se isso não for meio mágico,
eu não sei mais o que é.

15 de agosto de 2017

A valsa

A morte encostou os calcanhares nos meus. 
Quando ela realmente chegar
Estarei pronta? 
A morte roçou os ombros nos meus. 
Vou tirá-la pra dançar.

13 de agosto de 2017

Estão tentando matar 
Aquilo de mais bonito em mim. 
Contudo,
Sairei um dia, 
Batom vermelho, 
Pra dançar o fim do mundo.

11 de agosto de 2017

Cada nova lua dentro de mim 
É crescente mulher que descasca. 
A maré cheia rebenta na praia 
Pra minguar a minha casca.

5 de agosto de 2017

Na série da vida real
Sou a criatura que foge para as montanhas
E morre só.
type='text/javascript'/>