3 de janeiro de 2009

Conclusões:


1. Sem ajudarmos uns aos outros andaremos em círculos infinitamente.

2. Declarar o amor por alguém é como respirar. Você precisa expor sentimentos para que eles não encham seus pulmões e te tornem pesado demais.

3. A beleza de uma pessoa não está nos olhos. É alguma coisa que emana deles. É a capacidade de entrar na sua alma e arrancar ervas daninhas com delicadeza.

4. Você vai se apaixonar. Vai querer perto, bem perto. Vai se horrorizar com tamanhos defeitos. Vai perdoar milhões de vezes e quando perder a conta, vai entender parte do mistério.

5. Pai e mãe são responsabilidade nossa, assim como fomos deles um dia. Pai e mãe são frágeis, tem medo do escuro e precisam de histórias para dormir.

6. Você pode ajudar o mundo de muitas maneiras. Todos têm dom para alguma coisa, desde criança sabemos; mas disseram que ‘não dá dinheiro’.

7. Sua marca é aquilo que faz as pessoas sorrirem ao pensar em você, numa hora improvável. São pontos de luz para ajudar na travessia do caminho.          

Nenhum comentário:

type='text/javascript'/>