21 de julho de 2009

Devagar, posso tocar as coisas
e ser tocada,
silenciosamente.

Nenhum comentário:

type='text/javascript'/>