14 de dezembro de 2018

Elo

Depois de provar o etéreo,
Tudo quer conversar comigo. 
Forças me pegam pelo braço e sinalizam 
Em poemas, ou canções, 
Em sonhos, ou pessoas. 
O mistério me abraça. 
Eu, comovida, abraço de volta.

3 comentários:

Unknown disse...

I love your poetry.

Prih Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Prih Machado disse...

Thank you!