29 de novembro de 2008

Da necessidade de escrever

Faz versos, pequena!
Fala dos sentimentos etéreos
Que esperam do outro lado da janela
Para serem uma única vez.

Tira delicadamente as palavras dos cabelos.
Essas coisas que querem dizer
E não dizem.

Os portais do tempo são seus.

Conhece tão bem
A tragédia e o milagre
De possuir a tradução dos sentimentos humanos.
Isso despertará pena
E ciúmes.

Sua missão lhe empurrará de precipícios
Para ensinar a pairar debaixo do céu
E em cima do fim.

Um comentário:

Leandro disse...

Olá,adorei suas poesias,escreves de maneira tão simples e ao mesmo tempo de maneira tão profunda
continue assim

se puder dar uma olhada nas minha também ficarei grato :)

http://withoutabreath.wordpress.com/

abraços

type='text/javascript'/>