30 de novembro de 2008

Contando planetas

Meu muro quase tampa todo o céu
Mas tem uma fresta
que fica no eixo exato da janela
quando aberta.
E que fica também
no rumo exato
daquela estrela
que me disseram que é planeta.
- Eu acho que é estrela.
Essa noite fiz três pedidos pra ela.
Então, na fresta do muro,
no rumo da janela,
naquele curto espaço de quarto
e infinito espaço de céu,
vão acontecer meus pequenos milagres:

que a fresta não desapareça;
o rumo não desvie;
e a estrela/planeta me inspire aonde eu for.

Nenhum comentário:

type='text/javascript'/>