29 de outubro de 2012


Amigos, não me indiquem mais coisas tão belas. Esses filmes, livros e essa poesia toda é mais forte que droga, me deixa com um barato incontrolável de levantar e querer viver. Em pouco tempo, assim como ando, com toda essa ansiedade, hei de fazer tudo mais belo também.

Nenhum comentário:

type='text/javascript'/>