23 de maio de 2010

As nove filhas

Essa profunda falta de inspiração seria trágica,
se não fosse linda
e triste,
se não fosse leveza.
Pois poemas vêm e vão:
vento soprado na ponta dos dedos,
entidades de vida própria
que desmandam dentro-fora.
- Ai de mim, mero instrumento, discordar.
Nesses dias, deito a caneta sem pensar sobre,

pois nisso também recai toda a beleza.
As musas do Olimpo me devolvem, de tempos em tempos, uma vida mortal.

Então, eu vivo.
type='text/javascript'/>