29 de outubro de 2016

levitate

A conta é fácil: menos sapatos,
bolsas,
camisas
Te liberam o peso extra.
Tenho 30 anos,
Quanto tiver 60 não terei mais nada

E flutuarei.

20 de outubro de 2016

septem

Debaixo dos sete véus da minha alma
Existe uma donzela medieval.
Que se encontra atrás de sete portas,
Protegidas por sete dragões.
Quando você chegar,
E véu por véu desvendar,
Te darei sete beijos

Sob um céu de sete luas.

13 de outubro de 2016

Démodé

Às vezes sinto que já cicatrizou.
Às vezes dói como se um ponto
Sem nó,
Um fio sem pouso ou chegada,
Uma linha sem ouvidos
Arrebentasse tudo.
Tenho plena convicção que já cicatrizou.
Mas às vezes me dá vontade de costurar
Universos paralelos, contigo.
Alinhavando a sem-lógica da vida.
.
Caminho sobre os tecidos do tempo:
Talvez você esteja bordado fora de moda

(e de mim).

9 de outubro de 2016

Mostro minha beleza pra levar outras mulheres comigo. Florir é uma forma de homenagear todas elas que me trouxeram até aqui. Quanto mais bonita eu fico, mais quero tê-las ao meu lado. Não existe jardim de flor sozinha.

2 de outubro de 2016

A valsa das palavras

Às vezes penso que no final do filme você estará lá 
Pronto pra dar sua crítica firme e convicta 
E ouvir a minha 
Cheia de reticências. 
A febre foi tanta, que te esperei no final das séries, 
Dos livros que li, 
Na saída do teatro. 
Não precisa me amar pra sempre. 
Só precisa estar lá, pra sempre, falando comigo. 
Essa é minha prova de amor. 
Palavras são o caminho mais curto até meu coração.
type='text/javascript'/>